Noticias no Blog

Cine Curtas UJS Novos Filmes Veja o primeiro minuto do filme 'Lula, o Filho do Brasil'

TV Socialista

Loading...

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

CURSO DE FORMAÇÃO!!! MARXISTAS DE PLANTÃO!!!



Neste final de semana que passou aconteceu na UERJ o curso de formação da UJS Municipal...
Com a presença de Severino(membro do Comitê Municipal do PCdoB e Ex-presidente da UJS Carioca), ministrando o curso de Elaboração Científica do Socialismo(Desenvolvido por MARX) dando a baseda Filosofia, Economia e Ciências Sociais Marxista.
Não podendo esquecer da aula sobre CHINA ministrado por Elias Jabbour dando a visão da formção da sociedade chinesa atual e como se dá a questão de desenvolvimento desse país de dimensões continentais.
E por último mas não menos importante a aula sobre o que é a UJS ministrado por Igor Bruno, presidente Estadual da mesma.
E no sábado a plenária que tirou as resoluções e encaminhamentos para os preparativos do 4º Congresso da UJS tendo como a nossa presidente Luisa Pereira - Estudantes da UFRJ de Ciências Sociais.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

PODE FUXICAR PORQUE ESSE ESPAÇO É SEU!


Oi galera!

O objetivo desse texto é fazer uma breve apresentação da União da Juventude Socialista da cidade do Rio de Janeiro ressaltando sua trajetória, sua participação nas batalhas da nossa sociedade e seu papel atualmente nesse mundo ainda tão contraditório e desigual. Boa leitura!!!!!

A UJS carioca nasce no final de maio de 2002 como fruto da necessidade de organizar muitos jovens da capital do Rio de Janeiro. Esses jovens, que tinham a certeza do quão maravilhosa era a sua cidade, também, tinham a consciência que essa grande beleza chegava muito mais para uns do que para outros. Compreendiam a realidade dessa cidade partida e a necessidade da juventude ter mais espaço para construir um futuro que lhe pertencia. Essa consciência, ao invés de se transformar numa reclamação isolada, num descontentamento solitário, se unia a força de QUERER MUDAR O MUNDO! Um querer que, a medida que se espalhava pela cidade, se fortalecia como um PODER cada vez maior consolidando a idéia de que o sonho de muita gente deixa de ser sonho, podendo virar realidade.

A UJS já existia nacionalmente desde 1984 e, conseguiu, poucos anos depois de seu nascimento, conquistar o direito do VOTO aos 16 anos para a Juventude (na Constituição de 1988 com o parlamentar mais jovem do Brasil – Edmilson Valentim, hoje deputado federal pelo PCdoB). Depois dessa vitória, a UJS acumulou ainda mais força. Foi protagonista da Campanha “O Petróleo é nosso”, das “Diretas Já!” e, organizou os jovens que derrubaram presidente Collor, sendo apelidados de “cara-pintadas” por estamparem no rosto o verde amarelo da bandeira brasileira. A UJS do Rio, apesar de não construída ainda, iniciava sua influência na sociedade tendo um papel destacado nesse luta muito específica de nosso povo. Depois disso vem o debate da educação para a juventude e iniciamos a campanha pelo PASSE-LIVRE nos ônibus para os estudantes de escolas públicas. Essa luta se consolidou como a principal vitória da UJS do Rio, sendo essa, a primeira cidade a conquistar o direito fundamental de ir e vir da escola gratuitamente.
Porém, foi uma outra bandeira que consolidou a nossa criação: a campanha pela reserva de 50% das vagas para os estudantes de escolas públicas nas universidades públicas, considerando principalmente que, a grande massa de estudantes que estavam nessas escolas, eram as que mais necessitavam (por não terem grana para pagar a faculdade) estar na Universidade também pública.
E aí, desde então, estamos na luta para a garantia desses direitos que toda hora ficam ameaçados e, principalmente, para a ampliação deles. Hoje reivindicamos a ampliação das vagas das universidades, o direito a mais espaços democráticos para a juventude, empregos dignos para os jovens que são tratados como “escraviários”, à educação de qualidade, a cultura e zueira para todas as parcelas da população independente da sua classe social,...O caminho a ser percorrido é longo, mas a UJS CARIOCA não cansa!!! Não aceita a injustiça, a exploração do homem rico ao homem pobre, a desigualdade, a miséria, a concentração de renda e para isso luta para construir um socialismo com a cara e o jeito do povo brasileiro! Temos a certeza de que essa luta tem que ser feita todo dia, para consolidar uma realidade mais bonita pra nossa juventude e por isso não vamos descansar. A UJS, juventude mais combativa de todo Brasil, está aí, para o que der e vier, levantando bem alto a bandeira do Socialismo e mostrando que é possível vivermos em uma sociedade mais justa e mais humana para todos. Venha fazer parte dessa luta!
Viva a UJS!!! A Juventude mais combativa do Brasil!!!!

Luisa Barbosa Pereira – Presidente da UJS carioca e estudante de Ciências Sociais da UFRJ

O IMPÉRIO DE CÉSAR!


A UJS carioca avalia de forma bastante crítica a gestão (quase monárquica) de César Maia. O prefeito, que está no poder desde 1993 com um pequeno intervalo para a eleição de seu sucessor e antecessor Conde, governa a cidade seguindo os interesses de uma pequena elite endinheirada. Sua gestão se limita a pequenas intervenções urbanas que, maqueiam apenas um pedaço da cidade e transformam o Rio de Janeiro em um canteiro de obras nas vésperas das eleições. Compreendemos que uma gestão pública tem que dialogar com os movimentos sociais, se preocupar de fato com a educação básica, investir em pesquisa para construir nossa cidade em perspectiva, cuidar da natureza e incentivar as intervenções culturais desenvolvidas pelo povo criativo de nossa cidade. Nosso prefeito, ao contrário, administra a cidade como seu quintal, favorecendo amigos empreiteiros que destroem a cidade pela ânsia do lucro na especulação imobiliária e, sendo conivente com uma política de transportes vergonhosa para uma capital como o Rio de Janeiro que, além de ter uma rede metroviária extremamente limitada, sustenta altas taxas nas passagens dos ônibus que são, na maioria das vezes, a principal opção e só contribuem para o inchando do transito e da poluição da cidade.
Entretanto, para nós da UJS, o problema maior ainda não está aí. É no direito, acesso e qualidade da educação que nosso prefeito mais vacila. Em 2000 tentou aprovar o fim do passe-livre, em 2004 cassou a sessão na câmara municipal que aprovou o ½ passe para os estudantes universitários e de escolas privadas, instaurou as Coordenadorias Regionais de Educação – as CRE’s - que impedem a entrada da AMES (Associação Municipal dos Estudantes Secundaristas do Rio de Janeiro) e da UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas) para a construção de grêmios e organização dos estudantes e, “extremamente preocupado” com os índices de crescimento dos números da educação, tentou recentemente nos empurrar goela abaixo o método de aprovação automática. Como de costume, deixou para aprovar isso no período de férias, contando que não houvesse mobilização popular. GRANDE ENGANO DE CESAR(!!!) por que a população carioca não se engana mais e nós, da União da Juventude Socialista, lançamos a campanha CÉSAR MAIA, TÔ FORA! Essa campanha é pra dizer que a juventude de nossa cidade quer esse prefeito bem longe daqui. Queremos uma cidade melhor, educação de qualidade e que a guarda municipal cuide de nossos parques, praias e escola, zelem pela nossa segurança e não batam nem peguem a mercadoria de trabalhadores. Queremos uma nova realidade para nossa cidade e, nessa história, César nenhum vai ser imperador.

Luisa Barbosa Pereira – Presidente da UJS Carioca e estudante de Ciências Sociais da UFRJ

A NÃO TEM LOROTA, ISMAEL É CARIOCA!



Mostrando uma grande unidade da ampla maioria das forças que disputam o movimento estudantil, a chapa 4 ''Estudantes brasileiros por uma educação de qualidade'', obteve 704 votos, elegendo Ismael Cardoso, filiado a União da Juventude Socialista (UJS), para presidir a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) nos próximos dois anos. A eleição ocorreu neste domingo (9) e reuniu do dia 6 ao dia 9 de dezembro, em Goiânia (GO), 2.500 estudantes de todos os 27 estados brasileiros.

Foram credenciados 952 delegados que tiveram direito a voto durante a Plenária Final. Deste total, 839 votaram. Quatro chapas se inscreveram para disputar a presidência da Ubes. Mostrando uma grande unidade da ampla maioria das forças que disputam o movimento estudantil, a chapa 4 ''Estudantes brasileiros por uma educação de qualidade'', obteve 704 votos dos votos, elegendo Ismael para estar à frente da entidade nos próximos dois anos.

A chapa 1 ''Luta Secundarista: por uma Ubes na escola, nas ruas'', que tinha como candidata a estudantes de São Carlos (SP), Clara Cerminaro, 16 anos, obteve 7 votos. A chapa 2 ''Rebele-se: a hora é essa. Educação como prática de liberdade'' lançou o nome do estudante carioca Gregório Gould, 21 anos, e computou 69 votos. Já a chapa 3 ''Juventude petista: a Ubes é pra lutar'' não apresentou um nome para concorrer e conseguiu 59 votos.

O novo presidente da Ubes agradeceu o apoio e a confiança da maioria dos estudantes na escolha do seu nome. Disse que ele apenas é mais um dentro de uma gestão que pretende traçar uma linha de vitórias daqui para frente. Chamando todas as forças políticas para pensar uma Ubes para o próximo período, ressaltou que o momento é de unificação de idéias em torno de um pacto em defesa da educação básica.

Ismael destacou o vitorioso 37º Congresso, que, segundo ele, conseguiu reunir as principais lideranças estudantis do país com objetivo de formular propostas para fortalecer a Ubes e criar condições da entidade colocar cada vez mais estudantes nas ruas para pressionar pelas mudanças de que o país precisa.

A PRESIDENTE DA AMES É DA UJS!


TODO MUNDO PRA RUA AUMENTAR O SOM ELEGE PRESIDENTA AMES RIO

Acabou ontem o 19° congresso da Associação Municipal dos Estudantes Secundaristas que reuniu cerca de 200 estudantes de mais de 100 (e contou com a presença do presidente da UBES Thiago Franco, o tesoureiro e ex-coordenador geral da AMES Ismael, J. C. Madureira, dirigente do Sindicato Estadual dos Profissionais em Educação (SEPE), com o professor e editor da Revista Princípios Elias Jabbour, o Secretário Geral da UNE Bira Cassano entre .) Esse congresso marca a vitória da reconstrução da AMES e encerra a gestão de Caio Bayma, militante da UJS, a frente da gestão. Para Caio "o desafio da próxima gestão é dar conta de enraizar ainda mais a AMES nas escolas, construindo grêmios estudantis e lutando pela educação de qualidade".
Diversos movimentos formaram a chapa única que indicou a estudante Janaina Maia para presidente da entidade histórica que completará no ano que vem 69 anos. Esse congresso, realizado na Praia do Flamengo, 132, teve como principal tema o acesso à universidade e o ensino de qualidade, também serviu para fincar as raízes da entidade na sua sede que foi tomada dos estudantes na ditadura militar e retomada em fevereiro deste ano, no final da Bienal da UNE.

AMES PRA FRENTE JANAÍNA PRESIDENTE !!!