Noticias no Blog

Cine Curtas UJS Novos Filmes Veja o primeiro minuto do filme 'Lula, o Filho do Brasil'

TV Socialista

Loading...

terça-feira, 6 de setembro de 2011


SÓ OCUPAR NÃO BASTA

 
A UPP tem cumprido o papel de pacificar as comunidades, remover o poderio bélico do Estado paralelo e por fim a uma estrutura clandestina de justiça construída em cima de domínio territorial, econômico e social pelo tráfico.

Mas a UPP não é acompanhada de uma política de assistência a comunidade quanto ao saneamento básico, a melhores condições de acesso e qualidade da educação oferecida pelo Estado na região, saúde pública que atenda de fato a comunidade que dela precisa. Logo desgastes como o da CDD, Complexo do Alemão e São Carlos vêem ocorrendo com cada vez maior freqüência e agravantes.

Vila Kennedy é o retrato da migração do tráfico, do seu arsenal de fogo e da necessidade do domínio de novas áreas pelas facções criminosas hegemônicas no Rio atingidas em especial na zona sul e grande tijuca, a violência e sua destruição está sendo transportada e não tratada como deve. Afastar a pobreza e o “crime” do centro urbano não trará paz a comunidade Carioca e Fluminense. 

A UPP precisa urgentemente estar aliada á um projeto de reforma urbana que garanta a permanência das comunidades sem o incentivo a especulação imobiliária local e a estruturação das comunidades para que elas possam de fato se integrar a cidade como um todo, e uma política publica de segurança para que o tráfico não apenas migre, mas sim seja combatido de forma eficiente.

Caio Bayma
Estudante da UERJ

2 comentários:

roberto nunes disse...

Muito bom texto, Caio. Acho interessante a ideia da UPP, mas ela ainda não disse realmente a que veio, existe muita dúvida no ar e a campanha midiática de um lado e a crítica pela crítica do outro atrapalham num debate mais profundo.
É fundamental a retomada de território pelo estado, mas este também pode se tornar uma ditadura (e nós brasileiros sabemos bem disso), portanto, olhos atentos e vigilância constante para que ditaduras de tráficos e milicias sejam substituídas por democracia e politicas públicas e não por outra ditadura oficial.

Caio Bayma disse...

Certamente, estamos de pleno acordo...
o papel que a UPP tem cumprido nao negamos... apenas precisamos aprofundar e dar o verdadeiro rumo a real projeto de pacificação entendendo a UPP com um avanço no que tange a politica publica de segurança... mas como dito ainda disse a que realmente veio... e isso preciso ser respondido rápido.